leia mais...

POEZINE-SE II

Neste segundo volume, o Poezine-se tem a honra de trazer os textos da uberabense e poetisa Jamila Costa. 

terça-feira, 16 de outubro de 2012

#ANDOUVINDO: Coheed and Cambria


O Coheed and Cambria é uma banda norte americana, da cidade de Nyack, que surgiu em meados de 1995, mas nessa época, ainda se chamava Shabütie, em referência a uma cantiga de uma  tribo africana do filme "The Naked Prey".

Todos os trabalhos do Coheed and Cambria são baseados em um estória de ficção científica, chamada "The Amory Wars", escrita pelo líder do grupo, Claudio Sanchez. A sonoridade da banda é costumeiramente rotulada como um rock alternativo, incorporado  a características de metal, rock progressivo, punk rock  e post-hardcore.


A banda já teve diversas formações, porém atualmente conta com Claudio Sanchez (guitarra e vocal), Travis Stever (guitarra e backing vocal), Josh Eppard (bateria, backing vocal e teclado) e Zach Cooper (baixo e backing vocal). 

O grupo possui seis álbuns de estúdio, sendo eles: The Second Stage Turbine Blade (2002); In Keeping Secrets of Silent Earth: 3 (2003); Good Apollo, I'm Burning Star IV, Volume One: From Fear Through the Eyes of Madness (2005); Good Apollo, I'm Burning Star IV, Volume Two: No World for Tomorrow (2007); Year of the Black Rainbow (2010); e The Afterman: Ascension (2012).

Devo ter conhecido o Coheed and Cambria por volta de 2008 e achei musicalmente interessante. A combinação de guitarras pesadas e distorcidas, com solos sensacionais e a voz única de Claudio, me fez fã da banda. "In The Flame of Error" é a décima faixa do penúltimo disco e é uma das que mais gosto.