leia mais...

POEZINE-SE II

Neste segundo volume, o Poezine-se tem a honra de trazer os textos da uberabense e poetisa Jamila Costa. 

domingo, 28 de outubro de 2012

#ARTE: As paisagens aos olhos de Allan Teger

Allan I. Teger é um fotógrafo autodidata norte-americano da cidade de Vero Beach, no estado da Flórida. Seu contato com o mundo da fotografia aconteceu de repente, uma vez que sua formação é em psicologia.


Seu projeto Bodyscapes não veio de seu desejo de fotografar corpos desnudos mas está envolvido com seus estudos em sua área de formação.


 


Durante os anos 70 ele era professor e conselheiro da University of Pennsylvania e também era conselheiro em uma clínica de recuperação grátis. Porém ele percebeu que a psicologia tradicional já não atendia sua expectativas ideológicas, em um momento, em que os livros sobre consciência, a meditação, o misticismo, as experiências com drogas e os estudos a respeito das alterações da realidade, ganhavam espaço na cultura popular. 



Um dos conceitos que mais ocupavam sua mente na época era a existência de múltiplas realidades e  a fotografia foi a forma que encontrou de ilustrar estes pensamentos. Foi analisando o universo e a maneira como suas formas e estruturas são repetidas em todos os seres, que veio a imagem de um esquiador descendo um peito. Assim surgiu a ideia de Bodyscapes.


As imagens capturadas pelas lentes de Allan brincam com a nossa visão e imaginação, e a reação das pessoas  em contato com as obras confirmam as teorias e pensamentos que o levaram até o conceito de Bodyscapes.