leia mais...

POEZINE-SE II

Neste segundo volume, o Poezine-se tem a honra de trazer os textos da uberabense e poetisa Jamila Costa. 

terça-feira, 23 de outubro de 2012

NO BICO DA CHANCA

TOQUE DE PRIMEIRA


01 – Nacional fica no empate.
02 – Garotos viram jogo.
03 – Meninas batem bolão.
04 – Brasileiro: fogo no G-4.
05 – Tiveram a bola do jogo.
06 – Brasileirão: o conforto.
07 – Sênior: favoritos vencem. 
08 _ Brasileiro: apertos na Z-4. 
09 – Nacional sem os volantes.
10 – Avaliar para decidir.
11 – USC tem parada. 


MOTO ZEMA tem a moto de seus sonhos. Motos novas, usadas, peças, serviços, acessórios e qualidade no atendimento. Avenida Guilherme Ferreira, 795 – fone: 3318-3600. Visite nosso showroom. Zema dispensa comentários. 

C A N E L A D A S

--- O que foi que o Wagner Love falou para o Luiz Fabiano no momento de cobrar o pênalti?
--- Simples. Com essa cara de macho, jogando com os “bambis”, ai tem coisa...

Futebol é fogo. Time por time, o Nacional não é pior que o Guaxupé, portanto, tinha tudo para vencer o jogo. Agora vocês me perguntam:
--- E por que não venceu?
---Sei lá. Eu não me chamo Raimundo e não sou dono do mundo...


Já tem neguinho oportunista espalhando no pedaço que o ZEBU anda mal das pernas porque roubaram o BERRANTE dele...

Aqueles dois amigos vinham de uma festa, quando um deles falou:
--- Para o carro, que eu quero fazer xixi.
--- Parar como, se é você que esta dirigindo...

Essa é coisa da capital:
--- Sabe qual é a diferença das torcidas do Atlético e do América?
--- Não. Qual é?
--- A torcida do Galo sabe de cor a escalação do time. Já no América, os jogadores sabem o nome de todos os torcedores...

ESTEIO MATERIAIS PARA CONSTRUÇÕES – É a melhor opção na sua construção. Melhores preços e facilidade para comprar. Rua José Maria Reis, 310 – fone: 3338-8444. Da base ao acabamento, ESTEIO é a solução. Fale com Nadir ou Oscar e construa com qualidade.

BOLA DE MEIA
  
Segundo o diretor de futebol Luiz Alberto Cecílio, a partida entre Guaxupé x Nacional foi equilibrada. As oportunidades aconteceram até de maneira acintosa, mas não foram aproveitadas. A revanche, ou o desempate ficou para sábado no Uberabão.

Em jogo só para avaliação, os garotos do Uberaba SC, aqueles que ainda não tiveram oportunidades no time principal viraram o jogo pra cima de um combinado do amador. Sinceramente, não gostei, mas algumas conclusões foram tiradas.

Mais uma “linda” rodada do futebol feminino foi realizada no domingo. O Atlético venceu Delta por 2 a 1 e mostrou sua capacidade na categoria. No Humbertão, as meninas do Vila Nova estrearam com vitória sobre o Nacional. Foi charmoso.

Com a vitória do Atlético no sensacional jogo contra o Fluminense, o G-4 começa a esquentar. Aquela gordura do Tricolor carioca deu uma desmanchada e o Galo diminuiu a diferença. São Paulo e Grêmio querem se firmar no cobiçado grupo.

No duelo entre Guaxupé x Nacional, que foi taxado como bom e movimentado jogo, os jogadores Everton, do Nacional e Leandro Bocão, do Guaxupé tiveram a bola do jogo. Everton cabeceou por cima e Bocão acertou o pé da trave. Ufa! 
  
Na zona de conforto, já despreocupados se vão subir ou não, mas sem chances da ameaça do rebaixamento, está Vasco, que ainda busca o G-4; Internacional Botafogo, Corinthians e Cruzeiro. Coritiba e Santos buscam mais dois pontinhos. Ta quase.

Na rodada do Futebol Sênior os resultados foram os esperados. Os favoritos venceram e teve até goleadas. Pinheiros foi o que mais marcou gols: massacrou o Delta por 7 a 1. Vila Nova bateu de cinco. Fabrício e Bonsucesso venceram.

Esperneando para não serem engolidos pelo rebaixamento estão: Atlético-GO que foi; Figueirense que esta caminhando.  Palmeiras e Sport estão procurando respirar. Bahia, Portuguesa, Flamengo, Ponte Preta e Náutico estão sentindo o fogo nos pés.

Os desfalques dos volantes Thiago Carvalho e Balduíno podem pesar na escalação de Erick Moura na montagem do time para o jogo chave, sábado contra o Guaxupé. Marcelino e Alemão devem ser os substitutos. Acho que vai ter outra cara.

Acredito que a direção do USC deve acertar mais alguns amistosos para avaliar parte dos jovens jogadores. No domingo, uns mostraram bola, outros ficaram devendo. Não vou citar nomes, mas as oportunidades estão acontecendo. É pegar.

Na tarde de ontem, em Ponte Alta, Passini preparou sua equipe para o difícil compromisso da quinta-feira, em Nova Serrana, contra o Nacional. Vencer ou vencer, não tem outra solução. Neste sonho não pode ter pesadelo. TRAVA.