leia mais...

POEZINE-SE II

Neste segundo volume, o Poezine-se tem a honra de trazer os textos da uberabense e poetisa Jamila Costa. 

terça-feira, 15 de janeiro de 2013

NO BICO DA CHANCA

TOQUE DE PRIMEIRA 

01 – USC não saiu do zero. 
02 – Torcida não gostou. 
03 – Faltou encaixe. 
04 – Não teve brilho individual. 
05 – Ipiranga reforça time. 
06 – Defesa deu conta do recado. 
07 – Meio não foi bem. 
08 – Ataque só correu. 
09 – Sub 20 não vai bem. 
10 – O momento é decisivo. 
11 – Sábado tem mais. 

MOTO ZEMA tem a moto de seus sonhos. Motos novas, usadas, peças, serviços, acessórios e qualidade no atendimento. Avenida Guilherme Ferreira, 795 – fone: 3318-3600. Visite nosso showroom. Zema dispensa comentários. 

C A N E L A D A S 

Depois do jogo, torcedores comentavam: 
--- Fui ao estádio ver Fumaça. 
--- Não viu por quê? 
--- A chuva apagou a brasa... 

Reunião de time pequeno é assim. Presidente fala para o tesoureiro: 
--- Esta aberta à reunião. Tem dinheiro no Caixa? 
--- Ainda não, senhor presidente. 
--- Então esta encerrada a reunião. 

O Carrapicho é apresentado à outra pessoa: 
--- Você é de Juiz de Fora? 
--- Não. 
--- Então nos somos conterrâneos, pois eu também não sou. 

Frases que eu nunca ouvi: 
“Bandeirinha bom caráter está ai”. – “Ingresso para partidas de futebol vai baixar de preço”. 

Um torcedor do USC revoltado: 
--- O futebol que o USC apresentou diante do Sertãozinho ta mais por baixo que sonda da Petrobrás na bacia de Campos... 

ESTEIO MATERIAIS PARA CONSTRUÇÕESÉ a melhor opção na sua construção. Melhores preços e facilidade para comprar. Rua José Maria Reis, 310 – fone: 3338-8444. Da base ao acabamento, ESTEIO é a solução. Fale com Nadir ou Oscar e construa com qualidade. 

BOLA DE MEIA 

No primeiro amistoso sob o comando de Gyan Rodrigues, o USC não passou do zero contra o Sertãozinho. O time ficou devendo um bom jogo, e apenas equilibrou a situação diante do adversário. Alguns jogadores não jogaram o que era esperado. 

Os poucos torcedores que compareceram ao Uberabão não gostaram nada do que viram. A vontade de ver um time forte, com bons jogadores pode ter ficado para os próximos jogos. Coletivamente o time não foi bem, mas pode melhorar. 

Com apenas um coletivo de campo aberto não deu para Gyan Rodrigues conseguir aquela sintonia e encaixe de jogadas, principalmente com na bola rolando. O treinador tem algum tempo para acertar alguns detalhes e formatação do time. 

Torcedor sempre perguntando sobre quem jogou bem. Sinceramente, a parte individual não ofereceu brilho a nenhum jogador. Mostraram um pouco de bola: Ivan Santos, a dupla de zaga, Rafinha e Iran deram alguns toques, mas não assombraram. 

Aproveitando a breha do mercado, o Ipiranga vem com tudo e começa a contratar jogadores de ponta. Laerte e Daniel Fachinelli são nomes confirmados para vestir a jaqueta do time de Tostão. Carlos Dudu é o outro excelente reforço do clube. 

Os goleiros Gisiel na primeira parte e Alemão na segunda, não decepcionaram. Os laterais Carlinhos (foi uma vez ao fundo) e Esquerdinho depois Éder e Tiago não foram bem; a zaga com Diego e Domingos Jr. deram conta do recado. Posicionados. 

O meio campo ficou devendo, principalmente quando tinha a bola nos pés. Na marcação pegou firme, mas na criatividade faltou equilíbrio e chegada dos meias para tabelar e finalizar. Gabriel e Ivan Santos jogaram um pouco mais. Melhorar! 

Rafinha e Iran entraram no decorrer da partida e participaram com mais alegria. O ataque correu muito, procurou jogo, mas pouco acionado não teve como finalizar. Fumaça ficou devendo, Chitão entrou quando o time estava desentrosado. 

A nova geração do futebol brasileiro ta carente. A Seleção sub 20 não consegue jogar bem. Empatou a primeira e perdeu a segunda partida Agora tem que vencer a Venezuela para voltar a respirar. Emerson Ávila precisa acertar a escalação. 

Com a dispensa de Esquerdinha e Tiago, o USC começa a viver momentos decisivos na montagem do time. A semana vai ser cobrada, e o amistoso de sábado e sequencia vai pesar na balança para definição do grupo para entrar na guerra. 

Acredito que mesmo jogando fora de casa, o jogo de volta contra o Sertãozinho o time pode ter outra cara, principalmente na escalação e maneira de jogar. Rodrigues vai saber como montar e definir alguns detalhes. É o começo. TRAVA.


tichamoura@bol.com.br – carlosticha@hotmail.com – @roulets13 - @roulets