leia mais...

POEZINE-SE II

Neste segundo volume, o Poezine-se tem a honra de trazer os textos da uberabense e poetisa Jamila Costa. 

segunda-feira, 25 de fevereiro de 2013

10ABAFOS


O silêncio construiu paredes de incompreensão.
Adicionando dúvidas em seu convite as inseguranças.
Gritava calado o sofrimento em seu nome.
Ensinava, paciente, pela evolução de um homem.
Domava palavras perdendo a noção do sentido.
Que mesmo em silêncio ecoavam dizendo: 
Me sinto maduro sendo criança, me sinto vivo.

Lucas Vieira