leia mais...

POEZINE-SE II

Neste segundo volume, o Poezine-se tem a honra de trazer os textos da uberabense e poetisa Jamila Costa. 

quarta-feira, 13 de março de 2013

10ABAFOS


Era tarde mesmo sendo cedo.
E arde a saudade inflando no peito algo que, chovendo de dentro, se refaz.
Como pode o tempo ser tão lento e ao mesmo tempo tão fulgaz?
Um momento é uma pausa constante, pode ser eterno ou instante, 
mas é algo que não se desfaz.
Revivendo em 7 letras a dor de um sentimento.
Ainda arde, mesmo havendo medo.
Ainda invade dias e noites em segredo.
 
Lucas Vieira