leia mais...

POEZINE-SE II

Neste segundo volume, o Poezine-se tem a honra de trazer os textos da uberabense e poetisa Jamila Costa. 

terça-feira, 19 de março de 2013

NO BICO DA CHANCA

TOQUE DE PRIMEIRA 

01 – Viramos fregueses. 
02 – Ataque sem munição. 
03 – Meiúca sem criatividade. 
04 – Atlético goleia América. 
05 – Ipiranga vence Arem. 
06 – Agora é torcer em dobro. 
07 – Batata busca alternativas. 
08 – Cruzeiro liquida com Boa. 
09 – Réver dá show e Galo goleia. 
10 – É hora de soluções. 
11 – Chega de apanhar. 
MOTO ZEMA tem a moto de seus sonhos. Motos novas, usadas, peças, serviços, acessórios e qualidade no atendimento. Avenida Guilherme Ferreira, 795 – fone: 3318-3600. Visite nosso showroom. Zema dispensa comentários. 

C A N E L A D A S 

--- Viu como Massaro, Araujo e Wesley Brasília correram? 
--- Gostei. Correram muito, só faltou acharem a bola... 

--- Por que o ataque do USC não balança as redes? 
--- Então, ele confunde balançar as redes com descansar na rede... 

--- O time do USC ta parecendo mulher de malandro. 
--- Que nada. Mulher de malandro, de vez enquanto reage... 

--- O jogo entre Uberaba x Uberlândia não era de vida ou morte? 
--- Era. 
--- E agora? 
--- O USC continua no CTI. 

O jogo do Uberaba contra o Uberlândia parecia pelada dos casados contra os solteiros. Adivinha o time que parecia com os barrigudos que representavam os casados... 

ESTEIO MATERIAIS PARA CONSTRUÇÕES – É a melhor opção na sua construção. Melhores preços e facilidade para comprar. Rua José Maria Reis, 310 – fone: 3338-8444. Da base ao acabamento, ESTEIO é a solução. Fale com Nadir ou Oscar e construa com qualidade. 

BOLA DE MEIA 

A grande verdade é que literalmente viramos fregueses de caderneta do Uberlândia. Desde 2011, que não conseguimos vencer o Verdão. É “couro” lá e aqui. Sábado o USC parecia mais um time de cone. Ficou fácil demais. Cadê a bola moçada? 

E o ataque de raiva do USC? Incrível, mas não existe. Jogaram por ali Araujo, que não fez absolutamente nada, mais parecia porteiro de boate; Massaro correu errado e não achou a bola. Wesley Brasília entrou no jogo, caiu, levantou e sumiu. Vi aquilo. 

O principal setor, o da inteligência não funciona como deveria e passa a correr atrás do adversário. O garoto Guilherme deu o seu máximo, mas Giuliano ficou devendo e Ivan Santos, o homem da camisa dez, não fez uma jogada objetiva. Não evoluíram. 

Mais um show de bola do Atlético Mineiro que massacrou o América. A goleada com três gols do zagueiro Réver, mostrou o verdadeiro futebol de um grande e competente time. Com qualidade não se discute, e o Galo começa a sobrar. 

Com dois gols de Adinho e um anotado por Caverna, o Ipiranga, que manteve a base, venceu o bom time do Arem por 3 x 0 e praticamente se garantiu na outra fase. O Barcelona, em jogo difícil venceu Água Compridense por 3 a 2. Jogo igual. 

Agora é jogar e torcer dobrado. A massa colorada vai ter duas missões de sofrimento: Além de torcer pelo seu time, vai ter que torcer contra o Democrata. Depois dessa, caso o USC escape do rebaixamento, passo acreditar em milagre. 

Durante a semana de muito trabalho, caso não apareça uma novidade positiva, Gilson Batata vai tentar buscar alternativas para escalar e tentar tirar o USC do buraco. Acho difícil, o time é fraco, mas vai ser preciso, além de competência, sorte. 

Boa tentou engrossar o jogo para o Cruzeiro, mas foi só fogo de palha, pois a Raposa mostrou seu entrosamento e capacidade e acabou goleando o time dos irmãos Moraes. Borges mostrou seu oportunismo e Diego Souza foi um dono do espetáculo. 

Mesmo fora de casa, o Atlético Abadiense, que manteve a base do ano passado não teve trabalho para vencer o Fabrício. Obina e Alailton (2) marcaram para o Galo. Na outra partida, o bom time do Koreia goleou o Mangueiras por 4 x 0. Ta com folga. 

Chega de lamentações e justificativas. O momento é de soluções. Quem foi o culpado? Todos já sabem. Com sorte e trabalho o USC ainda pode se salvar. Juarí chegou para engrossar o ataque, mas precisa de mais. Doze pontos estão em jogo. 

O torcedor do USC ta cansado de apanhar. Faz mais de ano que o Zebu só apanha. Caramba, cadê a virada, a força, a habilidade, a competência de quem dirige e principalmente de quem joga. Ta na hora de voltar a bater. TRAVA.