leia mais...

POEZINE-SE II

Neste segundo volume, o Poezine-se tem a honra de trazer os textos da uberabense e poetisa Jamila Costa. 

sexta-feira, 12 de abril de 2013

10ABAFOS



São fases.
São frases de efeito e análises de incompreensão.
São os mesmos velhos ases.
Num baralho novo, um jogo que encanta o bobo na multidão.

Celebrar derrotas, o deleite da nossa nação.
É um final justo para o injusto a penar.
E a prova da conquista é um retrato farto de pobreza,
um vazio completo de desunião.

Resta acreditar no sonho e abandonar sem querer a razão.
Reza aquela velha lenda que a vitória ainda virá.
Não através de uma frase perdida numa bandeira, um hino ou
uma falsa tentativa de reerguê-la.

Lucas Vieira