leia mais...

POEZINE-SE II

Neste segundo volume, o Poezine-se tem a honra de trazer os textos da uberabense e poetisa Jamila Costa. 

sexta-feira, 31 de maio de 2013

10ABAFOS


Me foram privadas as palavras.
Poesia arrancada.
Era um momento em que o lirismo me fugia.
Me faltava o barulho do vento, uma nova melodia.

E, vagarosamente, do silêncio fez-se chuva.
Ação e reação ao tédio.
Gota a gota, alimentando-me a inspiração.
Um ritmo diferente a cada arrepio.

Agradecer as gotas?
Agradeço à sinfonia.
Das gotas que me deixaram em sintonia com as palavras, 
com o silêncio e com a poesia.
Lucas Vieira