leia mais...

POEZINE-SE II

Neste segundo volume, o Poezine-se tem a honra de trazer os textos da uberabense e poetisa Jamila Costa. 

sexta-feira, 7 de junho de 2013

10ABAFOS


Sobre o que andei,
metade de um sonho.
Sobre o que falei
de um riso medonho.

Coisas que afastei,
de um mundo sem sono.
Coisas que ganhei
de um rei sem seu trono.

Falhei.
Fui semente sem guia.
Andei.
Madrugada vazia.

Se procurei
foi por tentar encontrar
Cantei
para aliviar

Chorei,
Vi a noite e o dia.
Parei,
Encontrei a magia.

Minhas pernas continuam no lugar.
A mente se distancia sem parar.
Sou monte e estrela, sou mesa vazia.
Sou mouse, sou tela, sobremesa nociva.

Lucas Vieira