leia mais...

POEZINE-SE II

Neste segundo volume, o Poezine-se tem a honra de trazer os textos da uberabense e poetisa Jamila Costa. 

segunda-feira, 3 de junho de 2013

NAVEGANDO: DRUM MACHINE



Sempre tive um grande apreço pela Toy art*, e ao me deparar com essa incrível animação em flash feita pelos criativos da Tokyoplastic tive uma grata e estranha surpresa.
Não conhecia o trabalho desses caras antes de fazer essa postagem, e descobri que é feito por uma empresa bem organizada, com loja, blog, site e tudo que uma empresa atual necessita para se comunicar com qualidade junto ao seu público alvo.
Drum Machine é uma viagem em torno da música percussiva e é claro, da Toy art. Essa não é uma postagem para ser compreendida e sim apreciada. Dê o play e tire as suas próprias conclusões. 

Conheça mais sobre a Tokyoplastic e seus projetos criativos:

* Toy art, designer toys, urban vinyl, etc, são vários termos que definem o conceito de "brinquedo de arte". É um brinquedo feito para não brincar, dirigido para pessoas com idade acima de 14 anos - especialmente adultos - e com o intuito de colecionismo e/ou decoração. O toy art é, em síntese, uma "tela" em 3 dimensões para artistas e designers expressarem sua arte. Toy Art é manifestação contemporânea que se apropria do brinquedo para mesclar design, moda, grafite (arte) e urbanidade.

Porém, na prática não são brinquedos. Brinquedos comuns costumam serem produzidos aos milhões e suas séries são constantemente relançadas devido ao sucesso. Um toy art sempre terá tiragem limitada, numerada ou assinada, e não será relançado - a não ser se for criada nova versão de grafismo. Brinquedos são para crianças brincarem (posteriormente, destruir ou passar adiante). Um toy art é para um adulto ou adolescente colecionar, guardar e cuidar. Quando tem algum membro articulável, serve apenas para mudar a pose na exibição. A temática de um brinquedo é geralmente infantil, baseada em bichinhos, personagens famosos, de desenhos animados ou super-heróis. Os temas de um toy art podem ser meigos, violentos, subversivos, políticos, cômicos, criativos ou de linguagem urbana, underground, erótica, satírica, etc. O intuito do toy art é, como qualquer obra de arte, causar alguma reação no observador. Bons exemplos: O palhaço do "Ronald McDonald´s" de Ron English e o "Mickey" de Keith Haring.