leia mais...

POEZINE-SE II

Neste segundo volume, o Poezine-se tem a honra de trazer os textos da uberabense e poetisa Jamila Costa. 

sábado, 1 de junho de 2013

OLD IS COOL: Prioridades - BNegão e os Seletores de Frequência

Sempre fui fã de carteirinha dos sons do BNegão e esses dias ouvindo o CD "Enxugando o Gelo" de 2003, me peguei pirando na letra da música PRIORIDADES
Pare um pouco o que está fazendo e permita-se refletir um pouco...



Paz não se pede, paz se conquista 
E não será com guerra pois guerra-santa não existe, não insista 
Guerra-santa, paz satânica? Acho que não 
Permita-me lembrar o que disse avatar mais notado da história da nossa esfera: "não sobrará pedra sobre pedra" 
Pois se querem mesmo a paz, porque as armas continuam a ser fabricadas em massa em nossa era? 
Tudo nesse mundo é emprestado, não faz sentido algum então ficar apegado, agregado ao que não te leva mais além, não te deixa sossegado 
Pois se a liberdade hoje se parece com 1 cigarro ou com o carro mais potente do mercado 
Me desculpe, mas as bolas foram trocadas bem na sua frente 
E você nem se tocou; pagou, comprou, levou assim mesmo o seu atual presente
: felicidade completa como uma boca sem dente, tão libertário quanto uma bola de ferro com corrente algemada aos seus pés. 
Eu digo: crescimento econômico não gerará paz na terra, já que a estatística do lucro não leva em conta a miséria. Também pudera: Miséria de alma gera miséria humana, nada mais, nada menos que o reflexo da nossa atmosfera interna 
Supunhetemos, hipotéticamente, então, distribuição ecumênica de renda e informação, os primeiros passos de evolução nesse plano, além de iluminar com sapiência divina parco conhecimento humano 
Pois nessa época de carro na frente dos bois; supérfulo na frente, necessidade depois 
Nossa capacidade de enxergar a realidade vale mais do que a riqueza de mil cidades

Priorize as prioridades,  Amizade 
Priorize as prioridades, Cumpadi  
Priorize as prioridades, Camaradagem
Priorize o que fará diferença na sua passagem

Somos atores que vestiram a carapuça e se confudiram com seus personagens; auto-sabotagem 
Esmagamos a nós mesmos com nossa auto-imagem 
A tal da ego-esclerose como diria o professor Hermógenes 
Mas veja bem, não tô aqui numa de inquisidor pois como se diz: "Hoje pavão, amanhã espanador" 
Nos encontramos no mesmo titanic 
Até o último minuto, você me pede que fique, eu digo que fico, 
Porém me confudir com um fanático religioso é o mesmo que confudir remédio pra micose com pó-de-mico 
Osmose é como classifico quase que de vez em sempre o comportamento humano: o que quase todos fazem é o certo, o resto é pura viagem, ledo engano 
Então é isso: living la vida tosca! No acordo, o chifrudo entra com a pemba, o mundo inteiro entra com a rosca 
Pede a Deus que te livre das moscas, mas não pensa em nenhum momento em limpar realmente a sua casa; para com esse tipo de atitude eu faço como Tim Maia, o mestre, fazia quando queria passar o lima nos seus shows na gringa: "Send the lima!" 
Pois nessa época de carro na frente dos bois, o que é necessário não pode ser deixado pra depois 
Nossa capacidade de enxergar a realidade será nosso passaporte de liberdade (off de babylon)
Nosso maior inimigo somos nós mesmos 
Reféns de nossa própria ignorância (ignorância da própria) 
Orgulho, às vezes o que o espelho mostra é duro de ver 
Admitir que o que tu critica é bem parecido com você 
Realidade que choca, mudança de comportamento tão lenta quanto uma tartaruga judoca 
Corpo sem alma é como um vinil que não toca 
Na real, a gente é como o sol, não nasce nem morre, só sai do campo de visão normal 
E como ele, energia eterna, irmão 
Transição de milênio, reta final 100% 
Os dias passam na velocidade de 1 pavio de bomba aceso…