leia mais...

POEZINE-SE II

Neste segundo volume, o Poezine-se tem a honra de trazer os textos da uberabense e poetisa Jamila Costa. 

segunda-feira, 21 de abril de 2014

10ABAFOS


Uma mesa farta de nada
Um vazio que existe e insiste
Dois tragos num cigarro apagado
A madrugada persiste

Do silêncio que a música trouxe
apenas razão e impulsão
A poesia que cala é triste
menos triste que aquela que vem sem razão

Emociono o sorriso calado
E então a prosa se nega
Desistindo num passe de mágica
Eis que a madrugada me cega

Lucas Vieira