leia mais...

POEZINE-SE II

Neste segundo volume, o Poezine-se tem a honra de trazer os textos da uberabense e poetisa Jamila Costa. 

segunda-feira, 12 de maio de 2014

10ABAFOS


Não há segredos. 
Era uma vitrola, o frio e um arrepio que percorria a alma.
Enquanto o velho dia se tornava passado, o passado se fazia presente.
O vinho afastava o frio do corpo, liberava a mente, mas não a solidão.

Os teus risos, os meus vícios.
Dias difíceis a se aproximar.
Lembro que ontem era fevereiro e agora o sol já vai se pôr.
E à noite, ninguém mais se falava.

O silêncio se quebrava no vento e mais nada.
A janela fechada nem se abria.
Havia cor, mas faltava vida naquela cena. 
Numa paisagem morta, dois anjos a masturbar travesseiros.

Lucas Vieira